Os benefícios para o cérebro de aprender um novo idioma

By | Motivação

Compartilhe esta imagem em seu site:

Aprender um segundo idioma. Muitas vezes uma necessidade para quem quer melhorar o currículo e se habilitar a alçar voos maiores na carreira. Outras vezes, apenas um desejo de falar outro idioma, como um hobbie. Não importa o motivo que o levou a aprender outra língua, saiba que este processo tem ganhos muito maiores do que você pode imaginar. Neste artigo, vamos citar nos tópicos abaixo algumas das vantagens que o seu cérebro tem ao estudar um novo idioma.

Aumento da inteligência

Já existem testes fisiológicos que comprovam que apreender um segundo idioma melhora a maneira como o seu cérebro funciona, aumentando a sua capacidade. O fato de se comunicar ser algo tão natural contribui para este processo, uma vez que você passará a pensar e a falar no novo idioma, e isso funciona como se você estivesse forçando o aumento da sua capacidade de processamento de informações. Além disso, já existem testes que confirmam que aqueles que aprenderam um segundo idioma também gera vantagens nas tomadas de decisão, na solução de problemas matemáticos, maior facilidade na leitura de textos e desenvolvem um vocabulário mais rico. Inclusive existem estudos que mostram que o certas áreas do cérebro crescem após 3 meses aprendendo idiomas de forma intensiva.

Tornar-se Multitarefa

Mais uma vantagem entre as pessoas que aprendem mais de um idioma na vida é a facilidade maior de alternar entre tarefas sem perda da qualidade em nenhuma delas. Existe uma expressão popular que diz “trocar o chip” quando a pessoa muda de um assunto para outro completamente diferente. É mais ou menos isso que acontece na mente do multilíngue: assim como ele pensa, fala e se comunica de forma diferente para cada idioma, ele leva essa habilidade para o cumprimento de tarefas simultâneas. Esse potencial é explorado de maneira muito mais efetiva se o aprendizado de outro idioma ocorrer na infância.

Atraso nos sintomas do Alzheimer

Sim! Já existem muitos estudos nessa área e com resultados bastante consistentes. Ao estudar mais de um idioma, uma pessoa adulta que tenha pré-disposição a desenvolver o Alzheimer consegue atrasar em até cinco anos os primeiros sintomas da doença. Parece incrível e realmente é! O treino praticado pelo cérebro é tão intenso com a aprendizagem de outra língua que os seus efeitos são maiores do que os atingidos por qualquer medicamento especifico para o caso. Parece-me um bom momento para tirar da gaveta aquele projeto de aprender uma nova língua não é verdade?

Memória melhor

Aqui vale o mesmo contexto de uma academia de ginástica. Quanto mais você malha os músculos, maiores e mais fortes eles ficam. A lógica para o cérebro é idêntica. Quanto mais você o exercita, maior é a capacidade dele. E aprender um idioma é um dos exercícios mais arrojados que o seu cérebro pode praticar e por essa razão ele ganha tantos poderes. São inúmeras regras gramaticais, memorização de vocabulário novo que é como seu o seu “HD” se expandisse. Desta forma, todas as atividades que requerem memorização e raciocínio são otimizadas.

Aumento da atenção periférica

Sempre alerta. Mais uma das habilidades adquiridas por aqueles que estudam mais de um idioma. Pessoas bilíngues tem uma percepção maior do que acontece ao redor e podem até mesmo evitar situações de perigo por estarem em estado de atenção avançado. Também possuem a habilidade de filtrar informações relevantes e descartar as irrelevantes. Conseguem até detectar com um maior grau de precisão as informações mentirosas. Até a tomada de decisões importantes é mais rápida e eficaz. Existem estudos que revelam que essas pessoas costumam até se perguntarem nos idiomas que fala para evitar que vícios e características locais influenciem em uma futura decisão.

Melhora a língua nativa

Ao aprender outro idioma, você começa do zero o aprendizado da parte oral, escrita e gramatical. É como uma nova alfabetização. E ao traçar esse novo passo a passo você acaba ficando mais atento à estrutura da sua língua nativa e passa a treiná-la e executá-la de maneira melhor.

Que tal começar a aprender um novo idioma?

Pudemos observar no texto acima que as vantagens de se aprender um novo idioma vão muito além de se sair melhor em hotéis e restaurantes em uma futura viagem ao exterior ou o importante peso que esta prática terá em seu currículo no caso da busca por uma colocação no mercado de trabalho ou de uma promoção. Aprender outro idioma é questão de saúde e pode melhorar muito a sua saúde mental. Além de envelhecer com maior lucidez é uma experiência muito prazerosa poder escutar aquela música ou ver aquela série favorita no idioma nativo.

É importante nesse passo que você tome a decisão de qual idioma estudar baseado em uma curiosidade / prazer pessoal por aquela cultura, que certamente vem agregada ao aprendizado do idioma. Escolha uma boa escola de idiomas e dedique-se. Essa será com certeza uma experiência gratificante. Nos vemos em breve! Ou como dizem os americanos, See you later!

 

Veja também:

 

 

Gostou deste post? Então compartilhe!

Comments are closed.

Assine nossa lista VIP
SIM, VOCÊ PODE ATINGIR A FLUÊNCIA NO IDIOMA!

ASSINE JÁ!
Sua informação não vai ser compartilhada
close-link

Assine nossa lista VIP

Não perca nossas dicas exclusivas para atingir fluência!
ASSINE
close-link
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial